quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Investimento na categoria Juvenil para o futuro do nosso esporte!

Todos sabem que eu adoro apoiar clubes/pescadores que realmente gostam e querem ajudar o nosso esporte a crescer e evoluir. Quando vejo alguém contribuindo positivamente para à pesca, fico extremamente satisfeito. Mas quando se trata de um atleta juvenil, fico mais ainda, tendo a ciência de que a nossa pesca terá vida longa!

Nosso mais novo membro LFCP, Victor Stadinicki, fez uma excelente matéria publicada no Pescaki sobre o ABC da pesca. Trata-se de um documento bem completo dando uma boa noção sobre o início da pesca de praia.

O que mais me surpreende é que este garoto tem apenas 15 anos e já acumula uma boa experiência na Pesca de Praia. Com sua permissão, Victor, reproduzo abaixo o texto na íntegra.

Valeu, Victor!


Olá amigos !
Quem pratica a Pesca de Arremesso ( Praia ) sabe o quão é detalhada esta modalidade !
A quantidade de variáveis a determinar são inúmeras como: em que distância o peixe está, tipo de isca que ele quer, modelo e tamanho do anzol, comprimento e altura da pernada, entre tantas outras ...
Porém são esses detalhes que tornam a modalidade tão fantástica!
Então venho apresento-lhes um "Abecedário" da Pesca de Arremesso, mostrando as iscas mais utilizadas, os modelos de anzóis, acessórios, caniços, molinetes, montagens, linhas, etc ...

Vamos começar por algo que faz totalmente o diferencial na pescaria, a isca !
Pois o peixe não vê vara, molinete, nem a cara do pescador.

ISCAS mais utilizadas !

Camarão (a isca universal): Existem inúmeras espécies deste Crustáceo, como o Branco, Sete Barbas, Ferrinho e Pitú. São usados principalmente mortos, mas os vivos também apresentam resultados expressivos, principalmente com o Robalo. 



Iscada : retire toda sua casca ( compre ele com casca e cabeça) e corte em dois pedaços, gerando duas "postas". Depois corte a posta pela metade, gerando 4 "filezinhos". Pode-se usar esse filé inteiro ou dividi-lo em até 3/5 iscas.

Corrupto : Crustáceo capturado na beira da Praia com o auxílio de uma bomba de sucção durante a Maré Baixa. Uma isca formidável, principalmente para as grandes capturas. Ele pode ser usado vivo, desidratado, inteiro ou em pedaços.



Iscada: esse tópico do Vladimir Ferreira será muito mais esclarecedor do que qualquer explicação - http://www.pescaki.com/index.php?/topic/42781-corrupto/

Tatuí ou Tatuíra : também é um Crustáceo capturado na beira da Praia, mas este não necessita de nenhum tipo de "apetrecho", pode ser capturado com as mãos. Deve-se observar a volta da onda, pois nesse momento eles se enterram na areia, cava-se com a mão e retira-os.



Iscada : também é um pouco complicado de explicar, novamente indico o tópico do Vladimir Ferreira - http://www.pescaki.com/index.php?/topic/22795-tatui-ou-tatuira/

Sarnambi: recebe outros nomes como sernambi, moçambique, dente de cavalo, etc ... Para sua captura basta esperar a onda descer e os pegar na areia.



Iscada : quebre a concha (cuidado para não se machucar) e tire a "lesminha" . É só passá-lo 2x no anzol e se quiser passe o elastricot.

Existem outras iscas utilizadas, como Sardinha, Lula, Filé de Peixe, etc ... Porém não são muito utilizadas.

Vamos para outro item que faz todo o diferencial, pois ele terá que fisgar sozinho o peixe.

Modelos de ANZÓIS mais utilizados !

Maruseigo : um dos modelos mais utilizados, principalmente pelos iniciantes na modalidade. Possui uma curvatura diferenciada do anzol tradicional. Recomendo os tamanhos 6,8,10 e 12.


Akita Kitsune : Recomendo os tamanhos 3,3.5,4,5,6,7,8,9.



VMC : um modelo mais difícil de encontrar, que utilizei com sucesso na SOJOPA 2013. Indico as lojas de pesca em Joinville/SC. Recomendo os tamanhos 10,12,14.
Hansure : outro modelo também muito utilizado, principalmente em competições. Tamanhos: 2,4,6,8,10.



Shiro Kitsune : Recomendo os tamanhos 10 ,9, 8, 7, 6, 5, 4, 3, 2, 1 e até mesmo o 1/0 (pesca de lazer).
Recomendo os anzóis da Gamakatsu, Sasame, Owner e Marine Sports.

Modelos de Chumbadas mais utilizados !

Este objeto  é "responsável" por levar a isca ao ponto desejado.

Pirâmide : Uma ótima opção para a beira, onde existe a forte ação das ondas. Para longos arremessos não funciona, pois não é aerodinâmico.


Pião : ótimo modelo, pois garante boa fixação e não cria resistência na hora de recolher como a Pirâmide. Na minha opinião é o melhor modelo de chumbada.



Beach Bomber : modelo totalmente Aerodinâmico que garante longos arremessos e boa fixação. Ele pode ou não possuir haste.
Chumbo com Garra : modelo usado somente em ocasiões "especiais", como : ventos fortíssimos, muita correnteza lateral, etc ... O tempo que nenhum pescador gosta.


Existem infinidades de modelos, mas com os citados você não terá problemas.

Agora vamos a outro item de extrema importância, a LINHA !
Atualmente as linhas de pesca apresentam uma grande tecnologia, mesmo com bitolas super finas são resistentes.
Há pescadores que usam Monofilamanto, Multifilamento ou até mesmo a "mistura" entre as duas, a Nanofil.
Mas o mais importante, é que seja uma linha de baixa bitola, extrapolando em 0,25 mm.
"Mas o por que disso ?"
Para que a linha não crie resistência no ar, ganhando mais distância nos arremessos e garantirá uma sensibilidade muito maior do que teria, por exemplo, com uma linha 0,35 mm.
A linha fina também resulta em baixa resistência na água, fazendo com que a linha não "corra" lateralmente e nem venha para a beira.
Vou deixar a sugestão de algumas linhas com excelente custo x benefício.

Monofilamento : S Force XPS - Trabucco, SS - Maruri, Red Dragon - Colmic.
Multifilamento: Power Pró, Berkley e Triumph.
Nanofil : Berkley.

Temos outro item que também entra nessa categoria de linhas, o Arranque !
Ele nada mais é do que 10/15 m de linha mais grossa na ponta, para que linha principal não arrebente quando o arremesso for efetuado. Também auxilia na captura de grandes peixes, pois a briga na beira sempre é maior.
Existem arranques hoje em dia que começam, por exemplo, em 0,20 mm e ele acaba em 0,52 mm, ou seja, uma linha cônica. Ele é indicado para quem quer alcançar grandes distâncias.
Vou deixar algumas sugestões de arranques já prontos  e de linhas para fazê-los.
Monofilamento : Super Raiglon.
Arranques Cônicos : Speed Master – Shimano, T Force XPS – Trabucco, e mais em conta temos o da Asso.
Linha Cônica : Taper Line XPS – Trabucco
Nós para União : Nó de Sangue, Albright ou Double Albright ( principalmente para Nanofil).

Agora vamos falar do “material” !

CANIÇOS !

É, na minha opinião, o material que mais “sofre” na Pesca de Praia ! Pois ele tem que suportar fortes arremessos com chumbos para mais de 100 gr e também são bastante forçados durante o recolhimento.
O seu tamanho varia entre 3,3 m e 4,5 m. A escolha do tamanho da vara depende de muitas variáveis, como : em que tipo praia será a pescaria ( rasa ou tombo ), em que distância pretende pescar ( beira, média distância ou “lá fora” ), entre outras.
Outro fator importante na escolha de uma vara, é o seu Casting, ou seja, sua capacidade de arremesso. Quando uma vara apresenta Casting 100-200 gr, quer dizer rende bem com chumbos de no mínimo 100 e no máximo 200. Mas deve-se ter um limite de 10/15 gr do limite máximo. Para achar o peso de chumbada com que a sua cana rende mais existe apenas uma maneira, testando! Só assim descobrirá.
Vou deixar algumas sugestões de caniços para quem está iniciando.
Custo x Benefício : Katarina – Sumax, Game Surf – Marine Sports, Surf Leader – Tacom, High Lander – Albatroz ( Mosca Branca já ).
Tops : Strike Air – Marine Sports, Zero Seven – Colmic, Surf Leader AX/BX– Shimano,  Spin Power – Shimano.

E para formar conjunto com o caniço, precisamos de um,
MOLINETE !
Ele é o responsável por armazenar toda a linha e também por recolhê-la. Os Molinetes mais indicados para Pdp são aqueles modelos Long Cast ! Onde o carretel é mais raso e alongado, proporcionando maior distância nos arremessos. Alguns modelos ainda contam com um sistema Twist Buster, onde a torção de linha é praticamente anulada. Os Molinetes devem ser de tamanhos grandes, variando entre 4000 e 10000.
Assim como fiz com os caniços, vou deixar a sugestão de alguns Molinetes.
Custo x Benefício: Altima – Marine Sports, Orion 5000 Plus – Marine Sports, Regal – Daiwa, Legalis – Daiwa.
Tops : Swingcast – Shimano ( sem fricção, especial para competições ), Basia Air QDX – Daiwa, Ultegra – Shimano, Aero GT – Shimano.

Agora que já temos uma noção do material, vamos às peças com que faremos as montagens.

Snap ou Grampo – é onde se engata a chumbada. Pode-se usar girador acoplado ou não.


Rotor – é onde se coloca a pernada. Serve para evitar a torção da mesma, pois ela girará pelo próprio eixo, evitando embolamentos na linha. Eles podem ser de engate rápido ( eu prefiro pela praticidade) ou não.


Nó de Correr – ele é feito na linha do chicote, para segurar as miçangas, evitando que o rotor fique totalmente solto na linha.


Girador – tem a função de amenizar a torção da linha.

Miçanga – tem a função de facilitar o giro do rotor e evitar que ele trave em cima no nó de correr.
Montagem do chicote/rabicho !

- Separar entre 1 e 1,5 m de linha para montagem do chicote. Pode usar Fluorcarbon ou Monofilamento.  Recomendo Super Raiglon 0,405/0,47 mm.
- Primeiramente amarrar o Snap com o nó de sua preferência, eu uso o Nó Único com 5 voltas.
- Fazer o Nó de Correr na linha do chicote, que deve distar entre 3 e 8 cm do Snap.
- Passar a 1ª Miçanga pela linha, que deve ser do menor tamanho possível e transparente, na sequência o Rotor de sua preferência, e então a segunda Miçanga.
- Fazer mais um Nó de Correr, este entre 0,5 e 1,0 cm de distância da segunda miçanga.
- Medir entre 60 e 80 cm de distância do 1° Rotor e faz o 2° Nó de Correr.
- Passar se a 3ª Miçanga pela linha, o 2° Rotor, e por fim a 4ª e última Miçanga.
- Fazer o último Nó de Correr para fechar o sistema, seguindo a mesma regra de 1 cm de distância.
- Para finalizar, amarrar o girador na ponta que sobrou.

O sistema deve ter ficado parecido com este!


Essa foi a montagem tradicional do chicote/rabicho, que pode ser montado com 3 ou mesmo 1 rotor. Nessa montagem, o Nó de Correr pode ser substituído por um Stopper.


Fará a mesma sistemática, somente introduzirá essa “borrachinha” para travar a miçanga.
O porquê de usar um Nó de Correr?
Dessa forma você poderá subir e descer os rotores, até encontrar em que altura o peixe está comendo.

Confecção de Pernadas!

A pernada é o “pedaço” da linha em que se ata o anzol e que se engata no rotor.
Para confeccioná-la pode-se usar linhas Monofilamento ou as de Fluorcarbon, está última apresenta resultado muito superior.
Sua confecção é muito simples, basta cortar um pedaço de linha do comprimento desejado e amarrar o anzol de preferência.
Se usar Rotor de Engate Rápido, faça o seguinte: na outra ponta da linha, dê um nó cego com 5 passadas e corte o excesso. Assim basta passar o nó pelo sistema de engate rápido e travar o nó. 
Se usar outro tipo de Rotor, faça o seguinte: passe primeiro a linha pelo “buraco” do rotor, e depois faça o nó, para que fiquei travado.

Observações :
- O comprimento da pernada de cima não pode exceder a distância entre os rotores;
- A bitola da pernada varia muito, dependendo do tamanho do anzol, espécies a serem capturadas, arrebentação na praia, etc... Recomendo para não ter “emboladas” nas pernadas uma Super Raiglon ou Dourado 0,40 mm e se optar pelo Fluor use entre 0,26 e 0,30 mm. O 0,26 funciona perfeitamente em situações “normais” de praia ( sem muito vento, corrente lateral fraca, etc ... ), já o 0,30 mm nas situações mais adversas.
- No final do arranque costumo utilizar um Snap ( sem girador ), para que facilite a troca entre chicotes, pois dessa forma pode-se trocar o chicote por inteiro, o que auxilia muito durante competições.


Vamos agora aos objetos que nos auxiliam na pesca !

ACESSÓRIOS

- Elastricot – item indispensável na pescaria, pois sem ele não conseguimos firmar a isca no anzol. 


- Tesoura – é outro item fundamental, pois sem ela não se consegue cortar bem as iscas e fazer uma boa iscada. Também ajuda se precisar cortar as pernadas e refazê-las.


- Alicate de Bico – muito útil para retirar anzóis sem se machucar.


- Desembuchador de Anzol ou Tesoura Porta Agulha – como na praia é comum os peixes engolirem os anzóis, um item como esse é fundamental.


- Iscador – sem ele, a iscada não fica boa e precisa. Um item que também, se esquecer, complica demais a pescaria.


- Espera ou Calão – eu não consigo mais pescar com a vara na mão, tenho uma sensibilidade maior com ela no calão. Então torna-se outro item indispensável.


- Secretária – adquiri uma faz pouco tempo e não sei como pescava sem este item. Ajuda, e muito!


- Cronômetro – item indispensável na Pesca de Competição, onde tempo = resultados!

Quem pensa que esta modalidade é uma receita de bolo, onde existe um padrão a ser seguido, está totalmente equivocado! E não atingirá bons resultados se continuar com esta filosofia.
Então pessoal, com este tópico deu para ter uma boa noção da complexidade que é a Pesca de Arremesso. Agradeço a todos que tiveram a paciência de lê-lo por inteiro.

Abraços

Fonte das imagens ( na sequência ).
http://pr.quebarato....as__3B5AE5.html
http://www.guiapesca...r/corrupto.html
http://www.revistape...muito-eficiente
http://www.cearapesc...todasdunas.html
http://papasiri.com/...ruseigo-1_1.jpg
http://www.pontaldap...dutoservico=161
http://papasiri.com/...754ps-3021.html
http://www.imperioda...l=5&IdProd=2652
http://www.boaisca.c...09&tipo_cat=109
http://boaisca.com.b...=185&tipo_cat=0
http://www.cearapesc...mbada_piao.html
http://www.chumbadao...nox-145gr_41xJM
http://boaisca.com.b...=185&tipo_cat=0
http://www.pescaki.c...tipos-de-snaps/
http://www.pescaki.c...ge__hl__rotores
http://www.revistape...e.com.br/?p=574
http://www.planetasu...RADOR REFORÇADO
http://www.nathaliab...7343-286873.htm
http://www.lojaacqua...8&g1=88&gbt1=62
http://www.pescadepr...php?f=20&t=2826
https://www.veals.co...-line-3643.html
http://produto.merca...mento-pesca-_JM
http://www.centertel...codi_pro=UTI382
http://www.pescadepr....php?f=5&t=5447
http://www.guiapesca...br/iscador.html
http://produto.merca...iton-airbox-_JM
http://www.sportsvol...br/cronometros/

3 comentários:

  1. Excelentes dicas... to repassando o link pra indiarada!

    Obrigadão!

    ResponderExcluir
  2. excelente material.
    saludos desde chile

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gracias, Aldama!

      Quién sabe un día LFCP no ir a pescar en Chile...

      Excluir