terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Prova Civa - 12/02/2012

Preparativos e organização para a prova.

Dias antes de qualquer campeonato temos por hábito nos reunir para definir os detalhes da organização interna para irmos a estes eventos. Quem vai pegar as iscas, quem vai reservar a pousada, quem vai com quem, e assim por diante. Para a prova da Civa, nosso encontro aconteceu dia 07/02, terça-feira. Nossa principal discussão foi sobre a montagem das duplas. Como ainda não montamos um ranking através de provas internas, fizemos um sorteio para montar as duplas e a sorte foi lançada. 

Isto acabou funcionando muito bem, pois a integração e a harmonia entre a equipe permite esse tipo de atitude. Os resultados dessa prova mostram muito bem isso.

Formamos, então, 5 times compostos da seguinte forma:
  • Bruno Pai e Irineu
  • Jorge e Renato
  • Bruno Filho e Gilberto
  • Angelo e Maurício
  • Hunger e Mirella
Quase toda a galera reunida, contando com a presença de um dos novos integrantes do LFCP, nosso amigo Marcelo Paste.


Bruno Pai, Adriane, Mauricio, Irineu, Gilberto, Marcelo Paste, Renato, Bruno.

Quinta e sexta feira foi o dia de fazer os últimos ajustes nos materiais e a ansiedade toma conta de tudo.


Até que enfim chegou o fim de semana.

Sábado cedo o Bruno e o Renato passam em casa por volta das 9hrs da manhã e partimos rumo a São Francisco do Sul. Antes, porém, uma breve parada para fazer uma boquinha.




Barriga cheia e energia reposta, mas antes de ir para a praia do Ervino fomos atrás do camarão para toda a equipe, pois este dever tinha ficado sob nossa responsabilidade.

Como no ano anterior, reservamos apartamentos na Pousada São Francisco Praia Clube. Feito o check-in, quem imagina que vamos curtir uma piscina se engana. Nada de moleza. Sempre faltam alguns ajustes nos materiais, seja empatar mais alguns anzóis, fazer alguns arranques ou trocar alguma linha.


Bruno e Renato empatando anzóis

Quando olhávamos para o céu não víamos uma nuvem sequer. O sol estava castigando, o que tirava um pouco da coragem de ir para a beira da praia. No entanto, às 16 horas lá fomos nós, dar uns arremessos, baixar um pouco a adrenalina e tentar buscar algum indicativo do que poderia acontecer no dia seguinte, embora sempre mude muito o que acontece sábado a tarde para o domingo, dia da competição.

Há um tempo atrás não era muito comum pescar tanto parati-gato na praia. Sempre eles apareciam, mas não na quantidade que tem hoje muito menos no tamanho. É impressionante como saiu parati-gato! Saíram também diversos pampos, poucas betaras e nenhum bagre, pois a água estava extremamente limpa, mesmo com a chuvarada de sexta a noite.

Era fácil também encontrar outros pescadores treinando. Ao nosso lado esquerdo havia uma dupla juvenil do Águia de Joinville, que depois viemos a saber que ficaram em segundo lugar na sua categoria. A molecada estava mandando bem. Logo de cara eles tiraram um belo peixe galo com mais de meio quilo, alguns pampo de respeito como betaras de bom porte. Ficamos aproximadamente 1 hora e meia pescando. Não sei se isso ajudou a definir alguma estratégia, mas tínhamos certeza que iria sair bastante peixe de ótimo porte.

No fim de tarde nossos companheiros de Clube começam a chegar. Tio Bruno, Irineu, Hunger, Mirella, Selma e a Marcela. Alguns integrantes não puderam ir no sábado devido a compromissos já marcados e nos encontrariam apenas domingo cedo.

Hunger e Mirella (Selma ao fundo)

Chegamos no local do sorteio às 20hrs para acompanhar distribuição das raias entre nossos colegas de equipe, encontrar alguns conhecidos e acompanhar toda a movimentação da galera. Em cima da mesa havia um troféu para admiração de todos.


Troféu de maior Robalo


Resultado do sorteio

  • Bruno Pai e Irineu          125
  • Jorge e Renato                120
  • Bruno Filho e Gilberto     94
  • Angelo e Maurício          102
  • Hunger e Mirella              22

Ninguém é de ferro e merece um banho de piscina.

Essa caixa caixa térmica não pode faltar



Depois da diversão, começa a obrigação. Nesse caso era preparar um belo de um churrasco. Nossos amigos churrasqueiros foram o Bruno Pai e o Renato. É uma vida que realmente não se pode reclamar.

Hora de dormir e 23 horas praticamente todos estão dormindo, exceto o Irineu, que novamente estava com insônia.

Dormi igual a uma pedra, com exceção dos momentos que meu parceiro de pesca começa incessantemente a roncar e 5:30h o celular desperta. Às 6hrs toda galera já está de pé e vai a panificadora tomar café. Nesse momento ficamos sabendo que a Mirella não havia passado bem durante e noite e seu pai, Hunger, optou por não participar da prova. Nessas horas o lazer fica de lado e a saúde fica em primeiro lugar. 

Aproximadamente 6:50h, o Bruno nos deixa na raia 102. Material aprontado, dessa vez com bastante antecedência e 7:45h eu já estava com tudo pronto, só aguardando o foguete estourar.

Minha primeira hora de prova foi um desastre total. Enquanto isso, o Renato começava com o pé direito, tirando no primeiro arremesso um dublê. Demorei para me atentar ao erro que eu estava cometendo e a partir de então comecei a reagir. A partir da metade da prova, peguei o jeito da coisa e e fomos embalados até as 11hrs, quando o peixe começou a ficar escasso. Pelo que vimos nas raias ao nosso lado, tínhamos ido razoavelmente bem.

27 peças capturadas

Final de prova, hora de guardar o material e começar a perguntar para todos como haviam ido, para poder ter um parâmetro do resultado. Antes, porém, perguntei ao fiscal de prova como o pessoal das raias posteriores a nossa tinha ido e ele me responde que uma das equipes tirou 57 peças. Falta saber como as outras 100 haviam ido. É hora de voltar a pousada.

Durante a conversa com os demais integrantes da equipe, percebemos que todos foram muito semelhantes. Foi basicamente a mesma quantidade de peixes para cada dupla.


Bruno Pai e Irineu pegaram 29 peças com 1.625 kg.
Jorge e Renato pegaram 27 peças com 2.515 kg.
Bruno Filho e Gilberto pegaram 26 com 1.710 kg.
Ângelo e Maurício pegaram pegaram 28 com 2.140 kg.

Nos imaginávamos entra a 30ª e 40ª posição, mas tiver a grata surpresa (e ao mesmo tempo a frustração) de novamente bater na trave, agora não mais com apenas uma dupla, e sim com duas!

Pos.DuplaClubePeixesPesoPontos
Dino/HaraldJoinville842260298
Clodoaldo/EvilasioPeixe Elétrico614105267
Leandro/MaikonDentinho574195255
Adriano/JairoSchnaps Click513215219
Augusto/JuniorMarbi463740214
Edson/Luiz CarlosTortuga532345207
Toninho/EdsonJoinville492420197
Ireno/MarcosBlumenau433075191
Casiano/CarlosÁguia511570185
10ºRolando/LeomirSem Mistura402940180
11ºAdenilson/EvilazioMarbi382550166
12ºAmaro/MiroPeixe Elétrico392240163
13ºMarcelo/PauloMX Pesca391820155
14ºRodrigo/CarlosAndorinhas282880142
15ºWalmor/RogerioBlumenau312060135
16ºRenato/JorgeLinha Fina CP272515133
17ºAngelo/MauricioLinha Fina CP282140128
18ºAltanir/AndersonMarbi262425128
19ºDorival/ClaudioTatuira34930122
20ºBruno/IrineuLinha Fina CP291625121
21ºBruno F./GilbertoLinha Fina CP261710114


Se considerarmos uma competição com 117 duplas, colocar quase que todas as nossas 4 duplas entre os 20 primeiros foi um resultado muito expressivo. Isso mostra a uniformidade entre todos os pescadores. Acredito que a frustração de não ter sido premiado por apenas 2 pontos, reflete a importância que um único peixinho faz. Num campeonato de alto nível, precisa-se estar concentrado durante as 4 horas de competição. Um único vacilo resulta nesse fato.

De qualquer maneira, todos os integrantes do Linha Fina CP estão de parabéns, bem como todo os premiados em todas as categorias.

Um parabéns especial aos amigos do Joinville CP, Dionísio Periquito e Harald, campeões geral da competição e todo elenco do JCP, tetra-campeão por clubes.
Dupla campeã!
Clube campeão.

Parabéns também à Civa, pela prova excelente que realizou. Abraços a todos.

Para baixar a planilha com todos os dados clique aqui.

Acesse também o blog do Joinville Clube de Pesca e veja mais fotos do evento!

6 comentários:

  1. Amigo, com certeza ficar entre os 20 primeiros já é um grande resultado, claro que 2 pontos a mais seriam de grande valor, parabéns a todos!
    Por curiosidade, se não tiver problema em compartilhar, gostaria de saber qual foi o erro no início da prova?
    Obrigado e abraços.
    http://pescalitoral.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pelos comentários! Estamos extremamente animados com o resultado da equipe e isso serve de motivador para sempre melhorarmos mais.
    O erro no início da prova foi utilizar pernadas muito compridas. Após a redução da pernada para quase metade do tamanho inicial que eram 60cm, os peixes começaram a entrar.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Valeu Bruno, belo relato, e com certeza vamos nos ver em muitas provas ainda, vê se promove uma por ai também..!

    Se precisar de qualquer coisa o JCP esta ai pra ajudar.

    Forte abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dino, muito obrigado pelo apoio.

      Com certeza a amizade do JCP é muito importante.

      Até breve!

      Excluir
  4. Amigos.
    Obrigado pela resposta.
    Abraços.

    ResponderExcluir